Evite acidentes! Respeite o limite de transporte de carga da empilhadeira

 

Conduzir uma empilhadeira requer treinamento, por isso, apenas profissionais devidamente habilitados podem fazê-lo. Além de ensinar boas práticas, os cursos de condução de empilhadeiras buscam atualizar os operadores sobre os recursos disponíveis nesses equipamentos, que constantemente se modernizam de acordo com o avanço da tecnologia.

Dentre outros desafios das empresas está a redução do número de acidentes, que podem ocorrer com os funcionários no ambiente de trabalho. Na área de logística e de movimentação de cargas não é diferente e a questão é tratada com seriedade, principalmente porque a empilhadeira é um veículo industrial.

Condução responsável: respeito à velocidade e limite

Oferecendo grandes vantagens na hora de movimentar e elevar com rapidez volumes pesados, até mesmo nos corredores mais estreitos, o operador deve estar bastante atento às capacidades do equipamento. Adicionalmente à condução em baixa velocidade, é fundamental obedecer ao limite de carga que pode ser transportado com uma empilhadeira.

O ponto é que a sobrecarga dos eixos da empilhadeira pode causar sério acidente e levar ao tombamento da empilhadeira, colocando em risco tanto o operador quando as pessoas que trabalham próximas à máquina ou, até mesmo, danificar a carga e gerar prejuízo à empresa.

Antes de sair conduzindo o equipamento, o operador e os envolvidos no time de logística e armazenagem devem saber o volume exato que será transportado. E, se esse volume, está dentro do limite permitido pela máquina.

Para se ter uma ideia, existe um volume de “carga padrão”, que cada equipamento pode movimentar. Dependendo do peso, dimensão e altura de elevação esse “padrão” pode ser ajustado. Todavia, considere o centro de gravidade da empilhadeira e o fato que ele se desloca durante a elevação da carga. É preciso respeitar esse centro de gravidade da carga e da altura suportada. É ainda importantíssimo observá-lo e lembrar que o volume movimentado deve ser mais leve do que o peso do próprio equipamento. Caso contrário, o risco de tombamento será maior.

Por fim, nunca levante a carga e incline-a rapidamente para frente, para não comprometer a capacidade do equipamento. Também conduza com cuidado a empilhadeira e com o mastro inclinado para trás, especialmente em locais onde é necessário fazer manobras ao longo do caminho. Fique atento ainda se há desníveis ou obstáculos pelo caminho!

SIBRATEL compartilha as melhores ofertas de empilhadeiras

Com anos de atuação no mercado de empilhadeiras, a SIBRATEL conhece muito bem as particularidades e os desafios das áreas de logística e armazenagem de inúmeras empresas. É com base nessa ampla experiência, que a SIBRATEL compartilha dicas importante para apoiar empreendedores que desejam aumentar a produtividade e a segurança de suas equipes, quando o assunto é a movimentação de cargas. Acompanhe o nosso blog!

Entre em contato com a SIBRATEL e também saiba mais sobre o uso adequado das empilhadeiras e de seus acessórios.

Conheça as melhores ofertas de empilhadeiras seminovas, seja para compra ou locação. Aproveite e faça um orçamento!

 

(Imagem: Divulgação)